Mais vírus em sistemas militares: aviões caça da França impedidos de decolar

Você pode ver na notícia aqui que os militares da aviação da marinha francesa tiveram de usar telefone e fax para passar instruções e plano de vôo aos pilotos.

E se fosse durante uma crise militar?

Vírus de MS-Windows são um risco militar.

Visto que a Marinha Britânica usa agora MS-Windows em submarinos nucleares, será que a colisão entre dois submarinos nucleares durante exercícios entre as marinhas da França e Inglaterra estariam relacionados? Pura especulação, mas o passado condena.

Já em Houston , Texas, EUA, os tribuinais foram paralizados por ataques de vírus de Ms-Windows.

Dias de atrasos e milhões de dólares de despesas para recuperar os estragos viabilizados por sistema operacional mal concebido.

É tanta conivência da imprensa dita "especializada", e um fenômeno de massa de negação coletiva da realidade, que uma outra editora publicou interessantes artigos, aqui e aqui e aqui.

Há muito tempo aprendi que quando não se consegue enxergar explicação, "siga o dinheiro". O que ela também registrou no segundo artigo listado.

E então, em fevereiro 2009, depois desses fiascos viabilizados pelo MS-Windows, surge uma matéria como essa aqui. Muitas meias verdades para mascarar mentiras e manter os usuários MS-Windows na ilusão de que não existe alternativa e que GNU / Linux não é mais seguro.

Não existe sistema invulnerável.

Você mesmo pode fazer um malware de ambiente desktop GNU / Linux em 5 passos. Não esqueça de ler a segunda parte, com algumas propostas de soluções, nem os comentários da primeira parte. Depois, precisa convencer os usuários GNU / Linux a fazer duplo clique no arquivo do seu vírus. O vírus de desktop é possível devido à escolhas default de alguns ambientes desktop Linux, nem todos. Mesmo que os estragos sejam limitados por arquitetura (usuários sem privilégios de root) e configurações de muitas distribuições, ainda assim arquivos de um usuários podem ser danificados ou dados vazados.

Mas com GNU / Linux você tem escolhas. Você pode instalar sistemas mínimos e alterar configurações para ainda maior segurança, mesmo sacrificando um pouco da conveniência.

SEMPRE manter seu sistema atualizado usando os repositórios de sua distribuição GNU/Linux. E escolher distribuições que ofereçam suporte sério de segurança para TODO o conteúdo dos repositórios. Ao menos para os que você usa. Nem todas fazem isso porque é trabalhoso e oneroso. Informe-se.

O tempo de amarrar cachorro com linguiça ou de deixar todas as janelas abertas já acabou há muito tempo.

Com um pouco de informação, o usuário de GNU/Linux continua muito mais seguro que um usuário de sistemas Microsoft.

E mesmo sem informação, ainda fica mais seguro que usando MS-Windows, usando distribuições renomadas e seguras como Debian GNU/Linux.

Informação vai proteger seu dinheiro e seu negócio.